FICHA TÉCNICA DO RECURSO

A saúde mental na estratégia de saúde da família
A Organização Mundial de Saúde afirma que não existe uma definição "oficial" de saúde mental. Diferenças culturais, julgamentos subjetivos e diversas teorias concorrem para as tentativas de definição. Saúde mental é um termo usado para descrever o nível de qualidade de vida cognitiva e emocional de um indivíduo, e pode incluir a capacidade deste em apreciar a vida e procurar um equilíbrio entre as atividades e os esforços para atingir a resiliência psicológica. Este estudo buscou analisar o quadro de saúde mental da população cadastrada na Estratégia de Saúde da Família (ESF) Dr. Roberto Andrés, no município de Entre Rios de Minas, propondo ações de promoção e prevenção em saúde mental, com o intuito de oferecer uma melhor qualidade de vida aos seus usuários. Trata-se de um estudo descritivo e quantitativo. A coleta de dados foi realizada a partir da análise dos registros internos dos profissionais da equipe e os resultados foram comparados com o referencial teórico descrito na revisão bibliográfica. Detectou-se um índice de 7,7% de portadores de transtornos mentais, com predominância de mulheres, adultos e idosos, nos casados/amasiados e que vivem com a família, e também em pessoas com menor escolaridade. Concluiu-se que é alto o índice de transtornos mentais comuns nos pacientes atendidos pela ESF Dr. Roberto Andrés e, por isso, propõe-se um plano de ação, com o objetivo de oferecer um melhor tratamento ao doente mental.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/4416
10/Oct/2016
  • Saúde Mental
  • Psicotrópicos
  • Planejamento em Saúde