FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Plano de intervenção sobre o uso inadequado de medicamentos pela população idosa na equipe I em Teixeiras - MG
O processo de envelhecer é dinâmico e variável, por isso, impede estabelecer parâmetros. A estrutura etária da população mudou significativamente nas últimas décadas e trouxe modificações epidemiológicas, como por exemplo, a substituição do perfil das causas de mortes: no passado eram por doenças infecto-parasitárias (doenças agudas) para doenças do aparelho circulatório (doenças crônico-degenerativas). Este fenômeno implicou em maior utilização dos serviços de saúde e apresentou um padrão que proporcionou um aumento importante no consumo de medicamentos entre os idosos. Nos países desenvolvidos, idosos do sexo feminino, mais velhos, viúvos e com pior situação socioeconômica consomem mais medicamentos e de maneira equivocada em grande parte das vezes. Este trabalho objetivou elaborar um Plano de Intervenção (PI) para reduzir o alto número de usuários idosos que fazem uso inadequado de medicamentos, ampliar o vínculo e melhorar o cuidado com a comunidade e tentar transformar a realidade da população adscrita à Unidade Básica de Saúde denominada Equipe 1 no tocante ao uso de medicamentos. Na construção deste PI, fez-se revisão de literatura tipo narrativa com a utilização de trabalhos científicos disponíveis em base de dados para subsidiar a elaboração do plano de ação como parte do PI proposto. O PI compreendeu os seguintes passos: definição do problema; priorização do problema; descrição do problema priorizado; explicação do problema; seleção dos nós críticos; desenho das operações; identificação dos recursos necessários; análise de viabilidade do plano de intervenção; elaboração do plano operativo e gestão do plano.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/5189
10/Oct/2016
Idosos
Uso de Medicamentos
Atenção Primária à Saúde
Estratégia Saúde da Família
Adesão à Medicação
Saúde do Idoso