FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Elevada incidência e prevalência de hipertensão arterial e diabetes mellitus, Sem Peixe, MG: projeto de intervenção
A hipertensão arterial e o Diabetes Mellitus constituem doenças crônicas não transmissíveis multifatoriais com uma alta incidência e prevalência em todo o mundo. Sua aparição e evolução estão associadas muitas vezes a outras doenças tendo complicações que repercutem na qualidade de vida daqueles pacientes que a padecem, além de ocasionar uma elevada morbimortalidade na população, por suas complicações nos diferentes órgãos e a repercussão para a saúde individual e familiar. O objetivo deste trabalho foi elaborar um projeto de intervenção para diminuir a incidência e prevalência destas doenças e suas complicações em Sem Peixe, MG, constituindo um problema prioritário de saúde, utilizando o método do Planejamento Estratégico Situacional com o propósito de desenvolver ações de promoção e prevenção para elevar o conhecimento dos pacientes e famílias sobre a doença, sua evolução e controle de fatores de riscos associados, estimulando a modificação de estilos de vida, o uso adequado de medicamentos e elevando a atenção de qualidade nos pacientes nos serviços de saúde. Nosso estudo permite identificar aqueles fatores de riscos associados a hipertensão arterial e Diabetes Mellitus que repercutem em sua saúde integral.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/8317
07/Apr/2017

  • DOENÇAS (C)
  • Doenças Cardiovasculares (C14)
  • Doenças Vasculares (C14.907)

  • DOENÇAS (C)
  • Doenças Nutricionais e Metabólicas (C18)
  • Doenças Metabólicas (C18.452)
  • Transtornos do Metabolismo de Glucose (C18.452.394)
  • DOENÇAS (C)
  • Doenças do Sistema Endócrino (C19)

  • TÉCNICAS E EQUIPAMENTOS ANALÍTICOS, DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS (E)
  • Técnicas de Pesquisa (E05)
  • Métodos Epidemiológicos (E05.318)
  • Estatística como Assunto (E05.318.740)
  • Probabilidade (E05.318.740.600)
  • Risco (E05.318.740.600.800)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde (N05)
  • Qualidade da Assistência à Saúde (N05.715)
  • Fatores Epidemiológicos (N05.715.350)
  • Causalidade (N05.715.350.200)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde (N05)
  • Qualidade da Assistência à Saúde (N05.715)
  • Mecanismos de Avaliação da Assistência à Saúde (N05.715.360)
  • Estatística como Assunto (N05.715.360.750)
  • Probabilidade (N05.715.360.750.625)
  • Risco (N05.715.360.750.625.700)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Meio Ambiente e Saúde Pública (N06)
  • Saúde Pública (N06.850)
  • Fatores Epidemiológicos (N06.850.490)
  • Causalidade (N06.850.490.625)
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N)
  • Meio Ambiente e Saúde Pública (N06)
  • Saúde Pública (N06.850)
  • Métodos Epidemiológicos (N06.850.520)
  • Estatística como Assunto (N06.850.520.830)
  • Probabilidade (N06.850.520.830.600)
  • Risco (N06.850.520.830.600.800)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Saúde Ambiental (SP4)
  • Fenômenos Biológicos (SP4.102)
  • Fenômenos Ecológicos e Ambientais (SP4.102.072)
  • Ecotoxicologia (SP4.102.072.092)
  • Poluição Ambiental (SP4.102.072.092.693)
  • Riscos Ambientais (SP4.102.072.092.693.334)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Epidemiologia e Bioestatística (SP5)
  • Epidemiologia (SP5.001)
  • Medidas de Associação, Exposição, Risco ou Desfecho (SP5.001.037)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Desastres (SP8)
  • Risco (SP8.473)
  • Medição de Risco (SP8.473.327)