FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Hipertensão arterial: uma proposta de intervenção na ESF Jardim São Paulo
A hipertensão arterial sistêmica (HAS) é uma condição clínica multifatorial caracterizada por níveis elevados e sustentados de pressão arterial (PA). A hipertensão arterial é uma doença crônica de elevada prevalência na população brasileira. É considerada um problema grave de saúde pública, sendo um dos fatores de risco para desenvolvimento de doenças cardiovasculares, cérebros vasculares e renais. Na Unidade de Saúde do Jardim São Paulo em Poços de Caldas, Minas Gerais, foram contabilizados 524 hipertensos sendo 21,98% de sua população abrangente. Diante desses dados, fica evidente a importância da implantação de medidas preventivas eficientes, a fim de reduzir o crescimento da incidência de hipertensão arterial na área na unidade de saúde. Esse trabalho tem como objetivo elaborar um projeto de intervenção capaz de prevenir o aumento de novos casos de hipertensos a longo prazo, e melhorar a adesão daqueles já estão em tratamento. A elaboração desse trabalho foi de extrema importância para traçar as ações que devem ser executadas pela equipe multiprofissional, e demais colaboradores, a fim de prevenir, controlar e diminuir os agravos decorrentes da Hipertensão Arterial
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/8897
06/Jun/2017

  • DOENÇAS (C)
  • Doenças Cardiovasculares (C14)
  • Doenças Vasculares (C14.907)

  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Políticas, Planejamento e Administração em Saúde (SP1)
  • Políticas Públicas de Saúde (SP1.001)
  • Estratégias (SP1.001.007)
  • Estratégias Nacionais (SP1.001.007.023)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006)
  • Saúde da Família (SP2.006.052)

  • CARACTERÍSTICAS DE PUBLICAÇÕES (V)
  • Características do Estudo (V03)
  • Estudo Clínico (V03.175)