FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Intervenção educativa para aumentar o nível de conhecimento sobre a síndrome do fluxo vaginal em pacientes grávidas no posto médico de saúde sede, em Moraújo/CE
O presente trabalho constitui um estudo de intervenção educativa com o objetivo de implementar um programa sobre a síndrome de corrimento vaginal em pacientes grávidas do PSF Sede do município Moraujo, estado Ceará, Brasil. O Sindrome de Currimento Vaginal pode ser generica e clinicamente definido por uma alteração da ecologia microbiana vaginal que geralmente resulta de um ou mais dos seguintes sintomas: corrimento vaginal, fedor, ardor, coceira e dor. O total do universo de mulheres grávidas, está representado por 117 gestantes. De modo que o universo e a amostra são os mesmos. Nesta investigação será utilizado como meio de obter a informação um questionário pra ser aplicado a cada paciente. Uma vez aplicado, o conhecimento será avaliado usando uma escala de classificação. Os tópicos a tratar são conceito, comportamento e etiologia da síndrome de corrimento vaginal, fatores associados à síndrome corrimento vaginal nas grávidas, as complicações clínicas e possíveis dele derivados. como realizar a prevenção do corrimento vaginal e como realizar a prevenção. Posteriormente será aplicada aos pacientes um programa de intervenção educativa e será reaplicado o questionário para avaliar o nível de conhecimento alcançado depois da intervenção. O estudo tem como resultado esperado aumentar o nível de conhecimento das pacientes para contribuir com a prevenção do sindrome nas pacientes grávidas.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/9218
07/Jul/2017



  • PSIQUIATRIA E PSICOLOGIA (F)
  • Disciplinas e Atividades Comportamentais (F04)
  • Ciências do Comportamento (F04.096)
  • Sexologia (F04.096.837)
  • ANTROPOLOGIA, EDUCAÇÃO, SOCIOLOGIA E FENÔMENOS SOCIAIS (I)
  • Educação (I02)
  • Educação não Profissionalizante (I02.233)
  • Educação em Saúde (I02.233.332)