FICHA TÉCNICA DO RECURSO

A enfermagem e o usuário com doença crônica
O objeto começa abordando o avanço dos conhecimentos científicos na área das doenças crônicas e que estas, apesar das características distintas, possuem algumas semelhanças entre si, especialmente na maneira como afetam a vida das pessoas que passam a viver em tal condição de saúde. Lembra que a consulta de enfermagem é uma importante forma de direcionar as ações de cuidado à saúde. Enfatiza que a enfermagem deve priorizar e organizar as visitas conforme a situação da comunidade, indicação do Agente Comunitário e recursos da equipe de modo a dar cobertura a todos os indivíduos e famílias que, por algum agravo, ou situação permanente ou provisória, estejam incapacitados de buscar a atenção à saúde na Unidade. Menciona o mecanismo criado pelo Ministério da Saúde para acompanhar e controlar a Hipertensão Arterial e o Diabetes Mellitus e assim reduzir o número de internações hospitalares e a mortalidade em decorrência destes agravos. Aborda a gravidade das doenças do aparelho respiratório. Enfatiza que é possível reconhecer que, para cuidar de pessoas com doenças crônicas, é necessário mais do que conhecimentos sobre os aspectos biomédicos, destacando-se a importância de compreender como a doença crônica afeta a vida das pessoas. Conclui que é essencial o diálogo entre o profissional, usuário e família para a incorporação de novas práticas, saberes e tecnologias. Unidade 4 do módulo 7 que compõe o Curso de Especialização em Saúde da Família.
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/824
04/Nov/2013
2011
  • Saúde da Família
  • Sistema Único de Saúde
  • Saúde do Adulto
  • Doença Crônica