FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Intervenção educativa como ferramenta para reduzir a gravidez na adolescência
Biologicamente a gravidez pode ser definida como o período que vai da concepção ao nascimento de um indivíduo. Entre os animais irracionais trata-se de um processo puro e simples de reprodução da espécie. Entre os seres humanos essa experiência adquire um caráter social, ou seja, pode possuir significados diferenciados para cada povo, cada cultura, cada faixa etária. Devido à alta porcentagem de gestação na adolescente em nossa área de abrangência foi proposto um projeto de intervenção para melhoria da atenção e da qualidade de vida das pessoas na comunidade atendida pela equipe Na revisão do diagnóstico situacional, observou-se a alta prevalência da gravidez na adolescência na comunidade da ESF Manoa, Sete Lagoas. O plano de ação foi realizado conforme o Plano Estratégico Situacional (PES). Realizou-se também revisão narrativa da literatura dos artigos científicos na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), na base de dados Scientific Eletronic Library Online (SCIELO)
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/8546
07/Apr/2017

  • FENÔMENOS E PROCESSOS (G)
  • Fenômenos Fisiológicos Reprodutivos e Urinários (G08)
  • Fenômenos Reprodutivos Fisiológicos (G08.686)
  • Reprodução (G08.686.784)
  • Gravidez (G08.686.784.769)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006)
  • Saúde do Adolescente (SP2.006.037)

  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Políticas, Planejamento e Administração em Saúde (SP1)
  • Políticas Públicas de Saúde (SP1.001)
  • Estratégias (SP1.001.007)
  • Estratégias Nacionais (SP1.001.007.023)
  • SAÚDE PÚBLICA (SP)
  • Atenção à Saúde (SP2)
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006)
  • Saúde da Família (SP2.006.052)