FICHA TÉCNICA DO RECURSO

Aspectos limitantes a educação em saúde no cotidiano da unidade de saúde
O objeto inicia comentando que os espaços possíveis para o encontro entre os profissionais de saúde e a população são inúmeros, tanto dentro como fora das unidades de saúde, espaços individuais e os coletivos, e lembra que cada encontro desses é uma oportunidade para o exercício de ação ou relação educativa, além de ressaltar que o atendimento individual deve ser entendido como um rico espaço de diálogo. Segue mostrando os modos de fazer educação que ser evitados por estes serem contrários à educação emancipadora. Detalha cada uma das sete posturas que devem ser evitadas por uma equipe que busca realizar a educação em saúde. Termina considerando os aspectos limitantes do atendimento individual nas práticas de atendimento à saúde, e propõe outra forma de se desenvolver atividades educativas na unidade básica de saúde através do trabalho com grupos ou com organizações sociais do bairro. Unidade 2 do módulo 17 que compõe o Curso de Especialização em Saúde da Família.

  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N )
  • Características da População (N01 )
  • Saúde (N01.400 )
  • SAÚDE PÚBLICA (SP )
  • Atenção à Saúde (SP2 )
  • Saúde de Grupos Específicos (SP2.006 )

  • ANTROPOLOGIA, EDUCAÇÃO, SOCIOLOGIA E FENÔMENOS SOCIAIS (I )
  • Educação (I02 )
  • Educação não Profissionalizante (I02.233 )
  • ASSISTÊNCIA À SAÚDE (N )
  • Instituições de Saúde, Recursos Humanos e Serviços (N02 )
  • Serviços de Saúde (N02.421 )
  • Serviços Preventivos de Saúde (N02.421.726 )
  • SAÚDE PÚBLICA (SP )
  • Atenção à Saúde (SP2 )
  • Promoção da Saúde (SP2.021 )
  • SAÚDE PÚBLICA (SP )
  • Desastres (SP8 )
  • Administração de Desastres (SP8.946 )
  • Educação em Desastres (SP8.946.234 )

  • SAÚDE PÚBLICA (SP )
  • Saúde Ambiental (SP4 )
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/992
02/Jan/2014